W3C Escritório Brasil - Blog

Aos mestres com carinho

Foto de Reinaldo Ferraz, Luli Radfaher, Yasodara Cordova e Valessio Brito na Webbr 2012O ano de 2012 ficou marcado para o meu histórico profissional. Nesse ano pude perceber como a comunidade web é unida e como as pessoas que me inspiraram a seguir esse caminho estão mais próximas e acessíveis do que eu poderia imaginar. Esse ano foi um ano de grandes realizações: Prêmio Nacional de Acessibilidade, criação do Grupo de Trabalho de Acessibilidade na Web, Conferência Web W3C Brasil, TPAC, Participação em diversos eventos e muitas outras conquistas, mas a maior delas foi trazer para perto do W3C Brasil os grandes nomes que inspiraram minha vida profissional.

Meu momento “Epic Win” foi conhecer pessoalmente e trocar algumas palavras com Sir Tim Berners-Lee, o criador da Web. Em uma conversa de alguns minutos conseguimos falar sobre WWW2013, Rio de Janeiro e sobre coisas que ele esperava da conferência e desse país que ele já visitou algumas vezes. Foi ótimo conversar com o homem que criou esse universo chamado web, e que sem sua criação eu provavelmente  estaria trabalhando fazendo CD-Roms interativos utilizando Director.

Gostaria também de falar sobre algo marcante na Conferência Web W3C Brasil 2012. Essa conferência tem a cara da comunidade de desenvolvimento. Todos os nomes envolvidos na organização e nas palestras são consagrados no mundo do desenvolvimento, mas eu gostaria de comentar sobre a importância do Keynote Speaker da conferência.

Lembro no meu início de carreira, em meados do ano 2000 quando eu ia assistir aos tradicionais “Encontros Nacionais de Webdesign” para ver o que os grandes nomes ligados a Web estavam fazendo. Eu já tinha assistido pelo menos duas palestras do Luli Radfaher, que no início dos anos 2000 já tinha escrito dois livros sobre design para Web. Chama-lo para participar de uma conferência do W3C Brasil foi um marco na minha vida e prova como a Web é capaz de nos aproximar das pessoas que nos inspiram.

Por falar em livros, não posso deixar de citar o grande dinossauro da Web. Foi nesse ano que eu conheci pessoalmente o Maujor na BrazilJS. Bater um papo com o homem que escreveu os livros que praticamente todos nós desenvolvedores lemos durante a nossa carreira foi incrível. Os livros do Maujor sempre foram como aquelas cartilhas básicas que todos devem ler antes de entrar para a escola. Além de um grande escritor e conhecedor da web, é uma figura sensacional. Fiquei extremamente feliz em participar de um vídeo especial de final de ano na sua presença (e de outros grandes nomes da Web).

Usei muitas referências da Web para estudar e aprender um pouco mais sobre desenvolvimento. Lá pelo ano de 2004, enquanto eu desenvolvia aquele monte de páginas em tabelas  encontrei um website de alguém que convertia sites  para o novo conceito (na época) chamado Tableless, e que também publicava artigos sobre Web Standards. Hoje o Tableless é uma referência em padrões web e ser convidado pelo Diego Eis para escrever posts para esse site, que ajudou a construir minha carreira, é uma honra.

Outra grande referência da qual pude fazer parte foi o IMasters. Lí muitos artigos e discuti nos fórums desse site nos primórdios da internet enquanto estudava para trabalhar com Web. Hoje também tenho textos publicados lá e uma ótima parceria com todos.

Mas acho que a grande vitória do ano foi aproximar mais a comunidade de desenvolvimento ao W3C Brasil. Eu poderia citar uma lista enorme de pessoas que trabalharam junto conosco nos Grupos de Trabalho, na participação da Webbr, nos eventos dos quais participamos e nos diversos projetos que fizemos em conjunto nesse ano, mas esse post ficaria gigantesco. A essas pessoas, que também chamo de mestres, também dedico esse post com muito carinho.