W3C Escritório Brasil - Blog

Re-descentralizar a Web!

Logo da Conferência Web W3C Brasil 2015

Lote de inscrições para a Webbr 2015 por R$ 80,00 termina segunda-feira, dia 3 de agosto!

O tema deste ano da Conferência do W3C Brasil é a Redescentralização da Web. Mas o que isso efetivamente significa e por que é importante defendermos essa redescentralização?

Em uma entrevista para a revista Wired, Tim Berners-Lee defendeu que a Web corre o sério risco de ser monopolizada por redes sociais e serviços de busca. O maior perigo é o surgimento de uma Web balcanizada.

“Eu quero uma web que é aberta, que trabalha internacionalmente, que funciona tão bem quanto possível e não está baseada em uma nação”

Tim Berners-Lee usou ainda como exemplo o governo brasileiro e a questão dos dados armazenados em servidores localizados no Brasil. Isso por um lado pode dar a ilusão de segurança contra agências do tipo NSA como também pode proporcionar um isolamento da Web. Se cada país resolver desenvolver a sua Web, ela perderá sua essência aberta e interoperável.

É exatamente esse tipo de discussão que queremos ampliar na conferência. As trilhas deste ano foram construídas para abrir a discussão técnica e política do assunto das mais diversas formas. Tudo isso em um ambiente descontraído e inovador em seu formato (inovador mesmo. Aguardem).

A abertura do evento será sobre a redescentralização da Web, que contará com Andrei Sambra, Research Associate do W3C, para discutir o tema como keynote speaker da conferência. O pesquisador comentará os atuais esforços de padronização feitos pelo World Wide Web Consortium (W3C), além dos processos de tradução tecnológica do Massachusetts Institute of Technology (MIT) para construir aplicações e serviços descentralizados.

Além da participação do keynote internacional, diversos especialistas brasileiros abordarão temas importantes para manter a essência da Web aberta como seu principal aspecto.

Sérgio Lopes, instrutor e desenvolvedor da Caellum, vai falar sobre as grandes melhorias do HTTP2 e como isso vai beneficiar tanto o usuário como o desenvolvedor. Nessa palestra, Sérgio vai mostrar os novos recursos do HTTP/2 e como eles simplificam o desenvolvimento, tornam obsoletas várias práticas atuais e deixam as páginas mais rápidas.

Jaydson Lopes, desenvolvedor de software sênior do Terra, vai abordar as novidades do ECMAScript 6 e como elas podem influenciar o desenvolvimendo da Web e o futuro do JavaScript. Atualmente é impensável considerar a Web sem o uso do JavaScript e é por isso que essa tecnologia tem papel fundamental na Web que queremos no futuro.

Ciro Nunes, front-end engineer na Questrade, fará uma palestra sobre AngularJS 2 e o futuro do desenvolvimento Front-end. Em 2012 o AngularJS foi criado e levou o desenvolvimento Front-end ao próximo nível, simplificando a criação de componentes e a testar o código JavaScript. A web evoluiu, chegaram os Web Components e as especificações da ES2015 e 16, possibilitando ao framework tirar proveito dessas novidades e ficar muito menor e mais rápido. Nessa palestra Ciro quer vai mostrar um pouco do que será o futuro do desenvolvimento Front-end com o Angular 2.

Luis Corte Real, desenvolvedor de software da TecSinapse, vai mostrar como construindo uma experiência agradável na Web desde o começo com progressive enhancement. Desenvolver sites e sistemas web que funcionem bem em todas as plataformas continua desafiador, mesmo com a evolução dos navegadores. Isso porque temos uma diversidade cada vez maior de dispositivos, navegadores e, também, usuários. Como proporcionar uma experiência de navegação agradável e funcional para todos? É sobre isso que fala o progressive enhancement. Nesta palestra serão explorados o conceito na prática, vendo problemas comuns de navegação, como aplicar progressive enhancement e quais benefícios essa técnica nos traz.

Alexandre Gaigalas vai dar uma palestra sobre Hipermídia para Serviços. Mais especificamente sobre projetos de serviços REST do ponto de vista dos padrões (standards) e os papeis interessantes que diferentes especificações podem ter nessa arquitetura.

Rafael Rinaldi, Desenvolvedor da Netshoes, vai abordar de forma detalhada a arquitetura CSS. A grande maioria dos desenvolvedores web tem uma relação de amor e ódio com CSS. Fato é que o ódio geralmente está ligado a não saber direito como as coisas funcionam e falta de organização. O objetivo é mostrar como a organização da arquitetura CSS é fundamental para qualquer projeto na Web e como isso impacta tanto o desenvolvedor como o usuário.

Além dos temas relacionados com a Open Web, haverá uma trilha exclusiva para abordar questões sobre Segurança e Privacidade. Nessa trilha, Fernando Ike, Engenheiro de Solução da Exceda/Akamai, vai dar uma palestra sobre Docker e falar sobre essa tal de container-revolução. Containers são usados há muito tempo, no entanto nos últimos anos tem sido usados massivamente tornando o mais novo buzzword junto
como microservices. Docker é o início dessa revolução, mas o que ele tem de tão especial para essa tal de container-revolução?

A conferência contará ainda com a palestra da Camila Gomes, administradora de sistemas e DevOps na empresa 7COMm Informática, sobre Tails – Privacidade para todos, em todos os lugares. Não ser rastreado na internet é uma necessidade para os mais diferentes perfis de pessoas, mas nem todos possuem conhecimentos técnicos sobre segurança de informação para isso. Nesta palestra Camila vai apresentar o Tails, um sistema operacional livre, personalizado e recheado de ferramentas que tem por objetivo preservar a segurança e anonimato do usuário em qualquer lugar, pronto para navegar.

Nando Vieira, Web Developer no Heroku, vai falar dar uma palestra sobre Construindo Aplicações Web Mais Seguras. Manter sua aplicação segura é tão importante quanto o desenvolvimento em si. Infelizmente nem todo desenvolvedor faz a sua parte para garantir que os riscos de ataques foram minimizados. Nessa palestra o usuário verá os problemas mais comuns, entenderá porque é importante manter seu aplicativo atualizado e conhecerá algumas boas práticas para minimizar as chances de ser hackeado.

A conferência também terá workshops e tutoriais. Já estão confirmados workshops de REST com Leonardo Ruosso ,da Tata Consultancy Services, e Frameworks da moda, com Hanneli Tavante, da Codeminer. Também estão confirmados os tutoriais de WCAG e WAI-ARIA com Talita Pagani, da UFSCar, e SVG com Helder da Rocha, da Argo Navis Informática.

As inscrições estão abertas e o lote promocional a R$ 80,00 vai até o dia 3 de agosto.

Participe! Ajude a redescentralizar a Web na Conferência Web W3C Brasil. Fique atento ao site da conferência. Em breve novos palestrantes serão divulgados.

Foto de Andrei SambraFoto de Sérgio LopesFoto de Alexandre GaigalasFoto de Jaydson LopesFoto de Ciro Nunes
Foto de Luis Corte Real
Foto de Rafael Rinaldi
Foto de Fernando Ike
Foto de Camila Gomes
Foto de Nando Vieira
Foto de Hanelli Tavante
Foto de Helder Rocha
Foto de Talita Pagani
Foto de Leonardo Ruoso